Quais são as startups que vão bombar nesse ano?

Quais são as startups que vão bombar nesse ano?
fevereiro 14 14:35 2019 Imprimir este artigo

Muito mais que lucro e rentabilidade, alguns empresários estão apostando em uma nova forma de negócio, o empreendedorismo do bem. São iniciativas que aliam a satisfação pessoal ao dinheiro. Alguns utilizam como objetivo “transformar o mundo em um lugar melhor”.

Essa nova forma de negócio está inspirando startups em todo o mundo e são grandes apostas em 2019. Trazem ideias inovadoras e que visam propor mudanças significativas no espaço em que são implementadas.

Conhecer e inspirar-se com esses negócios pode garantir um novo norte para os empreendedores e empresários brasileiros.

Alimentação

O cuidado com a alimentação tem ganhado atenção dos empreendedores. Logo, cresceu o número de iniciativas que propõem atender uma demanda específica de consumidores, como os intolerantes ao glúten ou lactose.

Em julho deste ano, o Instituto Datafolha apresentou uma pesquisa que relatava que atualmente 35% dos brasileiros são intolerantes à lactose. Ou seja, um novo mercado a ser explorado.

Não apenas preocupados em comercializar produtos, as startups nesse ramo buscam uma forma natural de alimentação, oferecendo produtos de qualidade e com os mesmos benefícios nutricionais, incluindo produtos veganos.

Acessórios

Os acessórios também entram na onda do empreendedorismo do bem. Com um conceito sustentável e com o uso de materiais como pedras, sementes, folhas e algodão, empreendedores criam suas próprias marcas de biojoias, como são conhecidas.

Com um preço mais acessível, elas são muito comercializadas em feiras de produtos artesanais ou naturais. São adotadas não como simples acessórios, mas como uma marca da personalidade.

Brechós

É visível que houve um aumento no número de brechós nos últimos anos. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae, em seu último levantamento apontou um crescimento de 210% nesse ramo de venda de artigos usados.

Também com a preocupação de aproveitar ao máximo os recursos já existentes, os brechós comercializam roupas, sapatos, acessórios e outros itens que antes não tinham mais uso e por um preço acessível.

Há alguns ainda que permitem a troca de roupas, do qual, um consumidor pode doar uma quantia de peças, em vez de pagar com dinheiro, e retirar outras peças.

Orgânicos

Ainda na tendência naturalista, outra startup que possui grandes iniciativas em andamento é no ramo da alimentação orgânica. Seja restaurantes ou lojas de vendas de produtos, é uma vertente que trará bons resultados.

O mercado dos alimentos orgânicos está seguindo uma tendência de crescimento. Nos últimos 5 anos, segundo levantamento da Orgânica Brasil, a receita desses produtos no solo brasileiro aumentou de R$ 118 milhões para R$ 700 milhões.

Marketing promocional e digital

Assim como todo o tipo de negócio, é necessário que haja divulgação dos produtos, para que as startups alcancem consumidores conscientes e que comprem sua ideia. Pensar em toda a campanha e nas estratégias de divulgação é fundamental.

Fonte: Assessoria

EKONOMY é um canal de comunicação multiplataforma que engloba um PORTAL de NOTÍCIAS e uma WEB TV voltados exclusivamente às áreas de ECONOMIA e NEGÓCIOS da região Nordeste.

  Artigo "marcado" como:
  Categoria: