Empreender e Empresariar, tem diferença?

Empreender e Empresariar, tem diferença?
outubro 24 10:24 2018

Olá nobre empreendedor!
Faz algumas semanas que me vi envolvido em um debate sobre a diferença entre “empreender” e “empresariar”. Enquanto alguns diziam que para ser empreendedor, basta o empresário fazer alguns cursos, tirar algumas certificações e pronto, a outra ponta defendia não ser factível tornar-se empreendedor, não sendo possível o empresário adquirir empreendedorismo com esse ou aquele curso.

Pois bem, resolvi escrever sobre isso e expor minha opinião sobre o assunto.

Empresário é o cidadão que insere seu negócio no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). A partir daí ele terá uma empresa. Empreendedor é o indivíduo que traz o empreendedorismo em seu DNA. Calma, vou explicar.

Em estudo realizado pela UNESCO, foi identificado que o indivíduo empreendedor deve possuir 11 características essenciais: estar sempre em busca de novas oportunidades, possuir iniciativa, ser persistente, ter comprometimento, exigir de si mesmo qualidade e eficiência, saber correr riscos calculados, saber estabelecer metas, estar preparado para buscar informações, sempre planejar e monitorar sistematicamente, possuir capacidade de persuasão e de formar rede contatos e possuir independência e autoconfiança. É quase impossível encontrar uma pessoa que possua todas essas qualidades em nível elevado, mas um empreendedor de sucesso possui todas elas em harmonia.

A essa altura você deve estar pensando: “ué, então basta passar por capacitações que criem essas 11 características que vou me tornar um empreendedor”. Não é bem assim, ok. O que dá para fazer (e eu altamente recomendo) é o empresário mimetizar comportamentos empreendedores através de treinamentos, de forma que consiga tocar seu negócio mais eficientemente.

Sou da linha que acredita que empreendedor já nasce empreendedor, ou seja, ela já nasce com as 11 características em seu ser e é possível, em alguns casos, reconhece-lo mesmo na infância. Eu, por exemplo, aos 6 anos vendia figurinha Ploc para meus coleguinhas (o pagamento era em bola de gude ou em chiclete, que eu comercializava em outra freguesia) e tenho certeza que algumas das pessoas que estão lendo esse texto faziam algo semelhante.

Tenho visto na mídia o termo “empreendedor” sendo muito usado como um sinônimo para “empresário”. Acho que é minha função esclarecer uma coisa: ser empresário não é a mesma coisa que ser empreendedor, viu. Pronto, falei! 😊

Agora chegou o momento em que sua cabeça dá um nó e você começa a se questionar: “todo empresário é empreendedor? Todo empreendedor é empresário? Dá pra desvincular uma coisa da outra?”. Não. Não. Sim.

Existem muitos empresários que não são empreendedores (principalmente os que abrem negócios por necessidade). Esses não demoram muito para fecharem as portas de suas empresas. Existem também aqueles que são empreendedores natos, mas, por questões das mais diversas ordens, decidem não abrir empresa. Também há aqueles empreendedores que preferem empreender dentro da empresa onde trabalham, são os intraempreendedores. Em breve publicarei um novo artigo com os tipos de empreendedores mapeados atualmente.

O empreendedorismo é um “estado de espírito”. É a chave do sucesso de qualquer empresa. Intraempreededores normalmente ocupam cargos de alta-chefia e são muitas vezes responsáveis por levar instituições aos seus objetivos. Empresários empreendedores usam suas qualidades para aumentar a visibilidade e faturamento de suas empresas.

E você, é empreendedor?

Pense nisso e mantenha o foco!

  Artigo "marcado" como:
  Categoria: