Valor do pagamento do IPTU pode ser suavizado por meio de desconto

Valor do pagamento do IPTU pode ser suavizado por meio de desconto
janeiro 28 16:36 2019

Na lista das principais despesas do começo de ano para o brasileiro, certamente há um espaço especial para algumas contas que chegam nessa época. Normalmente, para grande parte dos contribuintes, o IPVA e IPTU são os responsáveis pelo maior gasto e pela preocupação nos primeiros meses do ano.

Especialistas em finanças pessoais indicam que o melhor caminho para os contribuintes é a realização de um planejamento financeiro ao longo do ano. Esse planejando é importante para construir uma base para o pagamento dessas contas, sem que seja necessário comprometer a renda e criar dívidas.

O ideal é classificar esses impostos como despesas fixas que serão responsáveis por uma saída de capital e criar alternativas para reduzir os impactos dessas contas. Uma boa oportunidade para começar é por meio da programação para pagamento à vista, aproveitando o desconto oferecido por muitas cidades.

Em João Pessoa, quem paga à vista até o dia 8 de março, recebe um desconto de 15% no valor do IPTU.

O valor do desconto deste ano, pode ser investido com o objetivo de oferecer rendimentos que podem ser usados para arcar com a despesas no próximo ano. Além de ter atenção ao desconto e à isenção da taxa, uma outra prática recomendada é não deixar o pagamento para o último dia. Muitos contribuintes acabam perdendo o prazo de pagamento simplesmente por deixar para a última hora e acabam tendo que pagar juros, o que aumenta ainda mais o valor do IPTU.

Outra informação importante sobre o IPTU diz respeito à isenção do pagamento desse imposto. Muitos imóveis são isentos do pagamento dessa taxa, cabendo ao proprietário ou responsável legal procurar a prefeitura e solicitar o não pagamento da taxa.

Por último, a falta de recebimento da guia de cobrança do IPTU não deve ser uma desculpa para atrasar o pagamento dessa conta. Os contribuintes também têm a opção de acessar os valores pela internet, através do portal do contribuinte.

Fonte: Assessorias

  Artigo "marcado" como:
  Categoria: