Culinária internacional agrada o paladar brasileiro e aquece mercado de franquias

Culinária internacional agrada o paladar brasileiro e aquece mercado de franquias
fevereiro 06 15:02 2019

Algumas comidas já estão há muito tempo no mercado e já não é novidade para os brasileiros, como a comida italiana e a japonesa que recentemente teve um boom ficando inclusive mais acessível a todos. Por isso, os investidores estão focados em explorar novos sabores já que mercado saturado não é sinônimo de lucro. E é exatamente aí que comidas como a mexicana, por exemplo, entram em cena.

Basta sair de casa para se deparar com algum restaurante especializado em comida de outro país. São restaurantes, food trucks e até mesmo containers, tudo para facilitar o acesso e é claro despertar o desejo. As opções são muitas, tem comida mexicana, japonesa, havaiana, italiana, tailandesa, entre outras.

Tanta procura assim fez aumentar as vendas das franquias do setor de alimentação, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), só no 3º trimestre de 2018, o setor de franquias cresceu 6,3%, e o ramo de alimentação lucrou, nesse mesmo período, mais de 11 bilhões de reais, ficando em primeiro lugar dos mais de 10 segmentos existentes de franquias, como por exemplo, saúde, turismo e eletrônicos.

A base da comida mexicana é basicamente feijão e milho, dois ingredientes presentes na mesa dos brasileiros, que temperados com os condimentos típicos do México, traz uma releitura diferente para o paladar, sem contar que o fato de serem ingredientes da nossa cultura, a probabilidade de ficarem saturados é bem menor, já que adaptação e aceitação são mais fáceis.

Qual o papel da Franquia?

Investir em franquia é investir com mais segurança, afinal quando uma marca já está estruturada no mercado raramente o investimento não dá certo.

A franquia é a responsável por estabelecer padrões e normas, selecionar e capacitar os franqueados, autorizar o uso da marca, apoiar e orientar.

Ao franqueado cabe operar segundo os padrões determinados e contribuir para o aperfeiçoamento e desenvolvimento do negócio.

Fonte: Assessoria

  Artigo "marcado" como:
  Categoria: