Aposentadoria… Como já é e como pode ficar!

Aposentadoria… Como já é e como pode ficar!
fevereiro 24 09:01 2019

O intuito desse post não é defender ou atacar a proposta do governo atual para a REFORMA DA PREVIDÊNCIA, mas sim esclarecer algumas dúvidas dos leitores e comparar o que já existe com o que está sendo proposto, principalmente em relação a idade mínima e tempo de contribuição, sem entrar em detalhes sobre os demais pontos da nova proposta, que são muitos!

Muitas pessoas já estão criticando a nova proposta para a REFORMA DA PREVIDÊNCIA, mas poucas sabem como funciona hoje! Realmente, hoje não tem a chamada IDADE MÍNIMA, mas ao mesmo tempo, existe o chamado FATOR PREVIDENCIÁRIO que reduz drasticamente o valor do benefício, caso a pessoa, se aposente cedo.

Além disso, desde 2015, existe uma alternativa a esse FATOR , mas que determina um tempo de contribuição mínimo, além de exigir uma combinação entre idade e tempo de contribuição que a chamada fórmula 85/95.

Isso não quer dizer que a mulher precise ter 85 anos de idade e o homem, 95 anos. Os números 85 e 95 representam a soma da idade da pessoa e do tempo de contribuição dela para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), ou seja, 85 é para mulheres, e 95 para homens.

Por exemplo, se uma mulher tem 55 anos de idade e 30 anos de contribuição, ela pode se aposentar porque a soma dos dois valores dá 85 (55 + 30).No caso de um homem, ele poderia se aposentar, se tivesse, por exemplo, 60 anos de idade e 35 anos de contribuição (60 + 35 = 95)

Olhando para essa fórmula, de fato, a nova proposta exigindo 40 anos de contribuição para ter 100% do benefício, parece um absurdo, né? Ocorre que essa fórmula já foi reajustada e está atualmente 86/96, ou seja, hoje a soma da idade da pessoa e do tempo de contribuição dela é 86 é para mulheres, e 96 para homens. E mais! Essa mesma fórmula, vai continuar aumentando a cada 2 anos até que em 2027 seja 90/100! Quando isso acontecer, as regras para se aposentar com 100% do benefício serão muito próximas das regras da NOVA PROPOSTA!

Por exemplo, caso não seja aprovada a NOVA REFORMA, em 2027, um homem para se aposentar aos 60 anos, precisará ter 40 anos de contribuição, ou seja, ter contribuído sem parar desde os 20 anos! (Isso é regra ATUAL!) Ele também poderá se aposentar aos 65 anos com 35 de contribuição. Mas a soma terá que ser 100! É ou não parecido com o que está sendo proposto? Já uma mulher para se aposentar aos 60 anos, terá que contribuir por 35 anos!

A NOVA PROPOSTA vai exigir idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, mas essa idade mínima será gradativamente aumentada ao longo de 12 anos de transição. Concordo que a exigência de 40 anos de contribuição para HOMENS E MULHERES pode ser considerada exagero, principalmente para mulheres, por isso acredito que isso será um dos pontos a ser debatido e, provavelmente alterado. Na minha singela opinião, baseado no modelo atual que em 2027 será 90/100, o tempo mínimo de contribuição deverá ser de 35 anos para mulheres e 40 anos para homens.

Muitos brincam dizendo que com a exigência de 40 anos de contribuição, as pessoas ou vão se aposentar aos 80 ou terão que começar a trabalhar ainda bebês! Ora, basta analisar com calma, e perceber que um homem que se aposenta aos 65 anos, certamente terá os 40 anos de contribuição se ele começou a contribuir aos 18 e ainda considerando possíveis lapsos de tempo de contribuição que por ventura ocorreram entre um emprego e outro.

Por fim, vale destacar que, caso seja aprovado a idade mínima de 40 anos para homens, por exemplo, esse homem não precisará contribuir por 40 anos para se aposentar. A partir de 20 anos de contribuição e respeitando a idade mínima de 65 anos, ele poderá se aposentar com 60% do benefício, sendo que esse valor jamais poderá ser abaixo de 1 salário mínimo, ou seja, uma pessoa de baixa renda que não tem expectativa de se aposentar com mais de 1 salário mínimo, não vai se preocupar com os tais 40 anos de contribuição.

Espero que tenha ajudado e torço pelo entendimento de todos para que possamos apoiar, tirando alguns excessos, essa reforma que com certeza irá ajudar o nosso país a sair da crise fiscal que se encontra e melhorar a vida de todos nós!

Quer aprender mais sobre finanças? Procure nossa ESCOLA ESPECIALIZADA!

Muitas pessoas já estão criticando a nova proposta para a REFORMA DA PREVIDÊNCIA, mas poucas sabem como funciona hoje! Realmente hoje não tem a chamada IDADE MÍNIMA, mas ao mesmo tempo, existe o chamado FATOR PREVIDENCIÁRIO que reduz drasticamente o valor do benefício, caso a pessoa, se aposente cedo.

Além disso, desde 2015, existe uma alternativa a esse FATOR PREFVIDENCIÁRIO, mas que determina um tempo de contribuição mínimo, além de exigir uma combinação entre idade e tempo de contribuição que a chamada fórmula 85/95.

Isso não quer dizer que a mulher precise ter 85 anos de idade e o homem, 95 anos. Os números 85 e 95 representam a soma da idade da pessoa e do tempo de contribuição dela para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), ou seja, 85 é para mulheres, e 95 para homens.

Por exemplo, se uma mulher tem 55 anos de idade e 30 anos de contribuição, ela pode se aposentar porque a soma dos dois valores dá 85 (55 + 30).No caso de um homem, ele poderia se aposentar, se tivesse, por exemplo, 60 anos de idade e 35 anos de contribuição (60 + 35 = 95)

Olhando para essa fórmula, de fato, a nova proposta exigindo 40 anos de contribuição para ter 100% do benefício, parece um absurdo, né? Ocorre que essa fórmula já foi reajustada e está atualmente 86/96, ou seja, hoje a soma da idade da pessoa e do tempo de contribuição dela é 86 é para mulheres, e 96 para homens. E mais! Essa mesma fórmula, vai continuar aumentando a cada 2 anos até que em 2027 seja 90/100! Quando isso acontecer, as regras para se aposentar com 100% do benefício serão muito próximas das regras da NOVA PROPOSTA!

Por exemplo, caso não seja aprovada a NOVA REFORMA, em 2027 um homem para se aposentar aos 60 anos precisará ter 40 anos de contribuição, ou seja, ter contribuído sem parar desde os 20 anos! (Isso é regra ATUAL!) Ele também poderá se aposentar aos 65 anos com 35 de contribuição. Mas a soma terá que ser 100! É ou não parecido com o que está sendo proposto?

Já uma mulher para se aposentar aos 60 anos, terá que contribuir por 35 anos!

A NOVA PROPOSTA vai exigir idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, mas essa idade mínima será gradativamente aumentada ao longo de 12 anos de transição. Concordo que a exigência de 40 anos de contribuição para HOMENS E MULHERES pode ser considerada exagero, principalmente para mulheres, por isso acredito que isso será um dos pontos a ser debatido e, provavelmente alterado. Na minha singela opinião, baseado no modelo atual que em 2017 será 90/100, o tempo mínimo de contribuição deverá ser de 35 anos para mulheres e 40 anos para homens.

Espero que tenha ajudado e torço pelo entendimento de todos para que possamos apoiar, tirando alguns excessos, essa reforma que com certeza irá ajudar o nosso país a sair da crise fiscal que se encontra e melhorar a vida de todos nós!

Quer aprender mais sobre finanças? Procure nossa ESCOLA ESPECIALIZADA!

  Artigo "marcado" como:
  Categoria: