Período natalino deve gerar 103 mil empregos temporários em 2019

Período natalino deve gerar 103 mil empregos temporários em 2019
outubro 04 14:00 2019

As contratações de trabalhadores temporários no varejo e no setor de serviços devem somar 103 mil vagas neste final de ano. Se a previsão se confirmar, o emprego temporário – um termômetro da expectativa do comércio para o período de consumo mais intenso do ano – vai atingir em 2019 sua maior marca em cinco anos, desde antes da crise.

Em 2014, quando o país ainda não tinha mergulhado na recessão, a admissão de temporários para o período foi de 300 mil. Apesar de o resultado estar longe daquela época, neste ano serão 43,8 mil postos a mais de trabalho em relação a 2018. Os números da pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), com mais de mil empresários, mostram que a roda da economia começou a girar com mais velocidade no comércio e nos serviços.

A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, lembra dos resultados positivos captados pela pesquisa do IBGE. Em julho, as vendas no varejo cresceram pelo quarto mês seguido e acumulam alta de 0,8% no ano. No setor de serviços, o avanço desde janeiro foi de 1,2% nas vendas. Depois de quatro meses desempregado, Romário de Jesus Souza, de 27 anos, conseguiu um emprego temporário como repositor de mercadorias numa loja em São Paulo. “Esse emprego caiu do céu. Disseram que assim que tiver uma vaga disponível, tenho chance de ocupá-la.”.

Segundo a pesquisa da CNDL e do SPC Brasil, o salário médio de contratação de temporários neste ano é de R$ 1.597, praticamente o mesmo valor de 2018.

Fonte: Uol/Folha de São Paulo

Escreva um comentário

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar um comentário.

Adicionar comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Other data you enter will not be shared with any third party.
All * fields are required.