Paraíba é o segundo estado brasileiro a ter 100% de cobertura pela Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo

Paraíba é o segundo estado brasileiro a ter 100% de cobertura pela Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo
outubro 08 16:15 2019

Com equipamento instalado pelo IBGE em Patos, a Paraíba passa a ser o segundo Estado brasileiro a ter 100% de cobertura pela Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo, quando considerado um raio de 115 km para cada estação.

Com a nova estação RBMC ativa do município de Patos, o estado passou a ter três estações ativas, que coletam dados utilizados para mapeamento, obras de infraestrutura e pesquisa. A instalação foi feita no último dia 27, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O objetivo dos equipamentos é facilitar e tornar mais precisos esses serviços.

Cobertura RBMC no Nordeste, considerando raio de 115km

O analista do IBGE, Fernando José Câmara Calda Lins, lembrou que a primeira estação desse tipo no estado foi instalada em Campina Grande, em 2007, seguida pela de João Pessoa, em 2013.

“A instalação do receptor representa um importante passo na consolidação da infraestrutura Geodésica Nacional. O estado da Paraíba, agora com três estações ativas, terá uma das melhores coberturas do País”

, afirmou.

Segundo o analista, com essa melhoria, todos os trabalhos com GPS de precisão na Paraíba terão uma estação de referência a cerca de 100 km de distância, o que reduz os custos desse tipo de levantamento.

Depois de serem processados na sede do IBGE, no Rio de Janeiro, os dados coletados pela estação podem ser usados em obras de engenharia, como construção de estradas e barragens, mapeamentos cadastrais e estudos científicos.

Escreva um comentário

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Você pode ser o primeiro a iniciar um comentário.

Adicionar comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Other data you enter will not be shared with any third party.
All * fields are required.